Borrachas / Elastômeros

Uma Ampla Variedade de Aplicações e Desafios na Moldagem de Borracha e Elastômeros

Transporte, artigos esportivos, aparelhos domésticos, máquinas, equipamento de escritório, pneus, calçados e muitos outros itens levam as vantagens da flexibilidade da borracha. Uma imensa variedade de diferentes composições de borracha é usada nos processos de moldagem destes bens. A escolha entre que composição de borracha, que processo e aplicação a empregar, dependem da função das peças e também do ambiente no qual as peças serão usadas. Com décadas de experiência, trabalhando junto com moldadores de componentes de borracha, a Chem-Trend desenvolveu soluções para vários desafios encontrados nestes processos e aplicações.

As composições de moldagem são projetadas para serem flexíveis e duráveis. “Borracha“ é um termo abrangente para um material flexível, reticulado (termofixo) que pode ser moldado em praticamente qualquer forma para envolver um espaço específico e/ou de exercer algum tipo de tarefa mecânica. O elastômero no qual a composição se baseia, pode ser um de mais de cinquenta “espécies”, caracterizadas pela química da sua grade polimérica. Alguns elastômeros exibem o que parece ser um grau mais alto de “agressividade química” que outros.

O agente de desmoldagem usado na fabricação deve ser capaz de proteger as superfícies do molde contra as purgas que são formadas e desmoldar a peça facilmente de moldes complexos. É aqui que a especialidade da Chem-Trend entra em ação. Pode parecer estranho, mas composições de borracha, projetadas para serem resistentes contra a maioria dos ambientes quimicamente agressivos, tendem a ser fabricadas com composições que apresentam um desafio de moldagem altamente agressivo quimicamente. Estas composições são fabricadas com elastômeros que são geralmente chamados de elastômeros exóticos ou para fins especiais. As moldagens feitas de composições halogenadas, por exemplo - especialmente fluoroelastômeros que geralmente passam toda a sua vida útil sendo materiais selantes em combustíveis quentes - são normalmente muito difíceis de serem moldados, por causa da sua viscosidade inerente. A reatividade do halogênio na composição é responsável por sua afinidade pelo metal (a superfície do molde). O sistema de reticulação também desempenha um papel importante, pois se usa com frequência peróxidos que também tendem a agredir a superfície metálica do molde.

A tarefa principal do agente de desmoldagem, nestas circunstâncias, é criar uma barreira contra agressões essencialmente químicas, mas também mecânicas. Não importa se o produto é um agente de desmoldagem convencional ou semipermanente, ele deve providenciar a proteção necessária para prevenir que a composição de borracha agrida a superfície do molde. Deve-se escolher o agente de desmoldagem tendo este principal objetivo em mente.

Outro problema a ser considerado é a escolha de um agente de desmoldagem que seja resistente à abrasão. Composições feitas de elastômeros de uso geral são moldadas para peças que passam as suas vidas úteis ao ar - um ambiente quimicamente menos exigente. O ambiente no qual estas moldagens existem, porém, é exigente de outras maneiras. Um suporte de motor de borracha natural, por exemplo, tem que resistir a milhares de deflexões durante a sua vida útil. Do ponto de vista de moldagem, os elastômeros de uso geral tendem a apresentar um desafio maior por causa da abrasividade da composição formulada. Nestas circunstâncias, o agente de desmoldagem precisa atuar como barreira contra agressões essencialmente mecânicas.

Além do atributo primário de prevenir agressões na superfície do molde, o agente de desmoldagem também deve fornecer deslize na superfície ou lubricidade para a superfície do molde, permitindo que peça moldada seja facilmente removida do molde. O agente de desmoldagem deve ser projetado para lubrificar a interface entre o molde e a peça moldada e é mais vantajoso usar a menor quantidade possível de lubrificação necessária para cumprir esta função. Lubrificação significa que há mobilidade dentro do filme do agente desmoldante. No entanto, uma movimentação excessiva do agente desmoldante em volta do molde durante o processo de moldagem, pode levar a moldagens potencialmente defeituosas.

Se uma barreira eficiente for providenciada contra agressões químicas e mecânicas, não é preciso inserir uma grande quantidade de lubricidade, na maioria dos casos. Porém, há exceções e estas geralmente se aplicam a moldagens que têm uma forma ou geometria muito complicada. Às vezes, é necessário ter um bom deslize e precisam-se fazer compromissos. Isto é um desafio significativo no desenvolvimento de agentes desmoldantes de alto desempenho. Mas a regra continua valendo - menos deslize possível, melhor é.

Encontrar o agente desmoldante correto é um equilíbrio entre três fatores: 1) a avaliação de quão quimicamente agressivo uma composição poderia ser; 2) a avaliação da sua tendência de abrandar o filme do desmoldante; e, 3) a consideração da forma do produto. A Chem-Trend tem desenvolvido durante três décadas de cooperação com os moldadores de borracha, os produtos corretos para atender estes desafios.

Composições de Borracha de Silicone

Composições de Borracha de Silicone precisam de desmoldantes especiais. Normalmente é possível moldar uma borracha à base de carbono com um desmoldante projetado para borracha de silicone, porém, o contrário não se aplica. Agentes de desmoldagem contendo qualquer tipo de silicone devem ser evitados na moldagem de composições de borracha à base de silicone. A Chem-Trend produz uma variedade abrangente de produtos para a moldagem de borracha de silicone.

Soluções para os Seus Desafios na Moldagem de Borracha

A Chem-Trend é especialista no desenvolvimento e na fabricação de agentes desmoldantes e produtos especializados relacionados para a indústria de moldagem de borracha. Temos produtos específicos para ajudar nos desafios da moldagem de composições de borracha além dos diferentes tipos de processos de moldagem de borracha. Os nossos vários anos de experiência nesta indústria podem ajudá-lo a selecionar os produtos certos para o seu processo e matérias-primas, aumentando a eficiência, diminuindo a taxa de refugo, aumentando a qualidade do produto e prolongando a vida útil das ferramentas. Para saber mais sobre como podemos ajudá-lo a enfrentar os desafios da moldagem de borracha, visite a nossa página principal de Moldagem de Borracha, ou entre diretamente em contato conosco para falar com um dos nossos especialistas.

Desafios Especiais na Moldagem de Borracha na Fabricação de Pneus

Um elastômero é um polímero com propriedades viscoelásticas (geralmente refere-se à elasticidade), este termo é derivado de polímero elástico, muitas vezes usado e trocável com a palavra “borracha“, principalmente em relação a elastômeros vulcanizados. A palavra “borracha“ é usada como termo genérico para os elastômeros naturais e sintéticos na fabricação de pneus. Naturalmente, os tipos de elastômeros usados para produzir vários componentes dentro de um pneu são termofixos (exigindo vulcanização) e foram especificamente selecionados pelas propriedades físicas que oferecem, e.g. resistência a rupturas/choques, características de histerese específicas para oferecer adesão etc. Todos estes fatores têm um efeito no específico agente desmoldante necessário para as diferentes partes do processo de fabricação de pneus.

A Chem-Trend teve sucesso em aprender e entender os desafios específicos na moldagem de borracha para pneus através das décadas de envolvimento nas áreas de produção dos seus clientes na moldagem de borracha, como também nos da fabricação. Temos laboratórios separados para cada tipo de processo, pois estamos cientes que, mesmo havendo algumas semelhanças, são na verdade processos muito diferentes. Borracha é um termo amplo e é preciso um conhecimento profundo e especialista sobre as propriedades da borracha e os processos de fabricação para ajudar os moldadores de borracha e fabricantes de pneus a aumentar a sua eficiência produtiva, reduzir o refugo e produzir peças de alta qualidade. Para saber mais sobre como a Chem-Trend pode ajudá-lo a enfrentar os desafios na moldagem de elastômero borracha em pneus, visite a nossa página principal de Cura/Vulcanização de Pneus ou entre diretamente em contato conosco.

Você quer descobrir o que a Chem-Trend pode fazer para ajudá-lo? Entre em contato conosco e nos dê a oportunidade de melhorar as suas operações de moldagem, fundição e de transformação.

Por aplicação

A Chem-Trend cobre uma gama de aplicações mais ampla do que qualquer empresa de desmoldantes do mundo. Podemos ajudá-lo a resolver os seus problemas com que aplicação?

Por Processo

A Chem-Trend tem experiência no chão de fábrica, e uma linha de produtos que cobre mais de duas dúzias de operações de moldagem, formação e fundição. Com qual delas você trabalha?